Apresenta

Imagem do show

Festival Folk In Concert

Adquira aqui o seu ingresso www.uhuu.com

 

A Branco Produções informa que, por motivos de força maior, o Festival Folk in Concert, previsto para o dia 20 de outubro de 2019, no Teatro do Bourbon Country foi transferido para o dia 30 de janeiro de 2020, no mesmo local.

As pessoas que já adquiriram ingressos poderão se dirigir ao ponto de venda onde o ingresso foi adquirido e fazer a troca pelo novo ingresso ou solicitar o ressarcimento do valor pago. As trocas serão realizadas a partir do dia 10 de outubro na bilheteria do Teatro do Bourbon Country ou através do site uhuu.com

Pedimos desculpas por eventuais transtornos.

Festival Folk In Concert estreia em Porto Alegre
Em sua primeira edição, o evento será realizado no dia 20 de outubro, no Teatro do Bourbon Country, com shows da banda mineira Tuatha De Danann, do duo paulista Olam Ein Sof e dos gaúchos do Bando Celta.


Porto Alegre acaba de ganhar um novo festival de música: o Folk In Concert. Idealizado pela Branco Produções, o evento será realizado anualmente na capital gaúcha reunindo grupos e artistas internacionais e de diferentes regiões do país em noites descontraídas com shows no palco principal e vendas de produtos diferenciados no foyer do teatro, como bebidas, roupas e discos ligados à temática folk. A primeira edição do festival acontecerá no dia 20 de outubro, às 19h, no Teatro do Bourbon Country, reunindo três atrações: o duo paulista Olam Ein Sof, os gaúchos do Bando Celta e a banda mineira Tuatha De Danann.

“Os artistas confirmados no lineup de estreia do evento transitam na vertente da música folk, que hoje pode congregar desde a música medieval até o heavy metal, com fortes influências da cultura celta e com letras que falam de harmonia, da relação entre as pessoas e de um mundo melhor. Além da música vibrante e sedutora, os grupos trazem uma profunda reflexão sobre a alegria e a necessidade de viver de forma harmônica”, explica o produtor Carlos Branco.

O duo Olam Ein Sof será o responsável pela abertura da noite. Formado por Fernanda Ferreti e Marcelo Miranda, o grupo de São Paulo apresentará um repertório autoral único que mistura folk e metal. Em seguida, o Bando Celta subirá ao palco com um show colorido, dançante e bem-humorado, que une música celta com o novo folk. O quarteto explora as sonoridades de  diversos instrumentos com Renato Zingano Velho no violão, mandola, banjo e vocais, Caio Haag nos vocais e bodhran, Leandro Dias na gaita de foles e flautas, e Christian Feel no violino. Para encerrar o festival, a banda Tuatha De Danann, da cidade de Varginha, assume os microfones trazendo harmonias com base no heavy metal e na música celta, interpretadas ao vivo por Bruno Maia (vocais, guitarra, flautas, banjo, bouzouki e bandolim), Giovani Gomes (baixo e vocais) e o tecladista Edgard Brito.

 


Tuatha De Danann

A banda Tuatha De Danann une harmoniosamente vertentes musicais com base no Heavy Metal e música celta. Essa proposta se iniciou em 1995, um grupo formado por adolescentes com idade entre 13 e 16 anos já surpreendia a cena musical alternativa brasileira com a demo-tape “The Last Pendragon”. Pouco tempo depois, em 1998, a segunda demo, “Faeryage”, apresentava ao Brasil a tônica musical da carreira dos músicos, o Celtic Heavy Metal ou Folk Metal. Vieram os CDs “Tuatha de Danann” (1999), “Tingaralatingadun” (2001), “The Delirium Has Just Began…” (2002) e “Trova di Danú” (2004). Com esses álbuns lançados também na França e Rússia, a banda se apresentou em diversos locais do Brasil, excursionou pela França e, em 2005, tocou no maior festival de música underground da Europa, o “Wacken Open Air” da Alemanha. Nesse período, o Tuatha De Danann figurou em diversas listas e enquetes como uma das mais expressivas bandas de Heavy Metal do Brasil, e seus membros como melhores instrumentistas entre músicos brasileiros do estilo. Esse reconhecimento é resultado de composições esmeradas, criativas e festivas, criadas a partir de experimentações com instrumentos tradicionais do Rock, como guitarra distorcida, baixo, teclados, bateria e instrumentos não convencionais e da cultura celta, como bouzouk, tin e low whistle (flautas irlandesas), uilleann pipes (gaita de fole irlandesa), flauta doce e transversal, bandolim, entre outros. Após circular por diversos festivais e casas de shows do Brasil, o Tuatha de Danann registra o seu primeiro trabalho acústico: o DVD “Accoustic Live 2009”. Depois de um breve período, com seus integrantes se dedicando a projetos solos, a banda reaparece em 2015 com o esperado álbum “Dawn of a New Sun”, com os contornos Celtas inconfundíveis que consolidaram os mineiros, além de apuradas percepções musicais do Rock Progressivo e Heavy Metal. Em 2018, cada vez mais dedicados à música alinhada às culturas mundiais, um novo EP começa a ser produzido e as características celtas indispensáveis à banda dividem terreno com outros climas, dando espaço também a letras mais existencialistas. O disco, intitulado “The Tribes of Witching Souls”, foi lançado em fevereiro de 2019 pelo selo Heavy Metal Rock.

Olam Ein Sof

Duo formado em 2001, criaram um repertório autoral único e diferenciado, inspirados na música medieval, renascentista, folk, mitologias diversas e mundo etéreo. Seu nome cabalístico, Olam Ein Sof, significa o Mundo dos Infinitos, e as canções do duo traduzem sua complexidade, assim como uma união infinita e transcendente. O duo já gravou de forma independente 4 Cds autorais, 1 Cd de Cantigas Medievais e 1 DVD e fez shows e participou de festivais pelo Brasil, Colômbia, Chile, Portugal, Espanha, Itália e Alemanha.

Bando Celta

A curiosa trajetória do Bando Celta começa despretensiosa em março de 2013, como um grupo musical que tocava em pubs e que logo teve destaque em festivais de grande porte, como o Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis e o Mississippi Delta Blues Festival de Caxias do Sul. Com apresentações regulares nos estados do sul do Brasil e após tocar em eventos temáticos em Cosmópolis e Osasco (SP), o grupo começa a empreender em seus próprios eventos e inicia o exitoso projeto Feira Medieval de Porto Alegre, que em 2019 terá sua 4ª edição, que acabou se multiplicando por cidades do interior do RS, sempre atraindo milhares de pessoas. Com o lançamento do livro Os Bardos de Erin em 2018 o BC intensificou sua participação em Feiras do Livro, quando geralmente apresenta a peça teatral, realiza bate-papo com alunos e também faz seu show de música celta. O Bando Celta lançou dois CDs, Demo Celta (2013) e Bardos (2015) e o DVD Bardos 2015. Em agosto de 2018, lançou um livro, o HQ infantil “Os Bardos de Erin”, que também virou uma peça de teatro onde os músicos interpretam seus personagens e que conta com a direção cênica de Camilo Di Lelis. 

 

 

 

Teatro Bourbon Country
Quando? Ingressos:
30 de janeiro

Em breve!

 

Disponéveis na bilheteria do teatro ou
www.uhu.com

Outros showsMuito mais música para você.

Paralelo Festival 2020
Paralelo Festival 2020

18-19 de janeiro/São Chico

Dex Romweber
Dex Romweber

20/janeiro/Instituto Ling

One Night of Tina, musical
One Night of Tina, musical

31/maio/Bourbon Country

Oswaldo Montenegro em Lajeado
Oswaldo Montenegro em Lajeado

5/junho/Teatro Univates Lajeado

Oswaldo Montenegro
Oswaldo Montenegro

06 de junho/Bourbon Country