→ BLOG

“O Quatrilho” – Das telas do cinema para os palcos do Rio Grande do Sul

Última chance para assistir a Ópera nesta temporada.
Domingo, 19 de agosto às 19h, no Teatro Feevale.
Compre aqui o seu ingresso.

Lançado em 1985, o livro de José Clemente Pozenato teve sua adaptação para o cinema em 1995, sob a direção de Fábio Barreto. A exposição no cinema tornou ainda mais conhecida a história dos dois casais de descendentes de italianos que constroem suas vidas no interior do Rio Grande do Sul no início do século XX. Agora, a partir do encontro entre o escritor José Clemente Pozenato e a Bell’Anima Produções Artísticas nasceu a adaptação do livro para ópera, com música de Vagner Cunha.

Com um elenco que traz as sopranos Carla Maffioletti interpretando a personagem ‘Teresa”, Maíra Lautert como “Pierina” , o barítono Daniel Germano como “Mássimo” e o tenor Flávio Leite no papel de “Ângelo” a ópera estreia nos dias 28 e 29 de julho no Theatro São Pedro.

Após a estreia na capital, serão mais oito récitas nos palcos do interior do estado, em Recanto Maestro (Restinga Seca), Santa Cruz do Sul, Bagé, Pelotas, Passo Fundo, Bento Gonçalves, Caxias do Sul e Novo Hamburgo.

saiba +

Fruto da amizade entre os brasileiros Pablo Schinke (violoncelo) e José Ferreira (violão de 7 cordas) e a italiana Giulia Tamanini (saxofones), o Trio in Uno se formou em Paris em 2014. Este grupo, cheio de energia e talento, se destaca por sua sonoridade única e grande cumplicidade musical. Ao combinar o sabor e a espontaneidade da música popular com a expressividade da música clássica, eles arranjam e interpretam a música de grandes compositores brasileiros como Egberto Gismonti, Sergio Assad, Hermeto Pascoal, Marco Pereira e Radamés Gnattali. Em julho de 2015, eles lançam seu primeiro álbum intitulado “Lilas“, aclamado por críticos na França e no exterior (Trad  Magazine, Guitar Classique, Paris Guitar Foundation).

Não perca, quinta-feira 16 de agosto às 20h.
Igressos a venda no site www.institutoling.org.br

saiba +

Duo Gisbranco, formado pelas pianistas e compositoras Bianca Gismonti e Claudia Castelo Branco, lança seu terceiro CD PÁSSAROS, que coroa a parceria do Duo com o músico e poeta brasileiro Chico César, um dos maiores compositores da atualidade dedicado a uma poesia genuinamente brasileira. Essa mistura dos dois pianos com a vibrante poesia de Chico César é algo inédito, singular e fascinante.

saiba +

Nomeada pela Revista Forbes, em 2016, como um dos cinquenta mexicanos mais criativos e influentes no mundo, Daniela nasceu em Guadalajara, Jalisco, México e fez sua estreia como solista com orquestra aos oito anos de idade, tocando o “Concerto para piano nº 8”, de Mozart, com a Orquestra Sinfônica de Aguascalientes. Desde então, Daniela realizou mais de trinta concertos, com vinte diferentes orquestras, em quatro continentes.
O programa desta apresentação traz obras de Beethoven, Schubert, Chopin e Prokofiev.

Não perca!

saiba +

Ópera em dois atos de Vagner Cunha com libreto de José Clemente Pozenato, que escreveu o romance homônimo, estreia em Porto Alegre em julho e depois segue em cartaz no mês de agosto passando pelos palcos do Recanto Maestro, Santa Cruz do Sul, Bagé, Pelotas, Passo Fundo, Bento Gonçalves, Caxias do Sul e Novo Hamburgo.

A turnê é uma realização do Ministério da Cultura, com patrocínio de Calçados Beira Rio, direção artística da Bell’Anima Produções Artísticas e produção executiva da Branco Produções.

Sinopse

” O enredo de O Quatrilho baseia-se em fatos reais, retratando o cotidiano e a realidade dos imigrantes no Sul do Brasil no início no século XX, deixando claro o poder da mulher nas decisões de família também de negócios. A história acontece em 1910, numa comunidade rural de imigrantes italianos, no Sul do Brasil, quando dois casais se unem para sobreviver e decidem morar na mesma casa. Com o tempo, a esposa de um passa a se interessar pelo marido da outra, sendo correspondida. Os dois amantes decidem fugir e recomeçar outra vida, deixando para traz seus parceiros, que viverão uma experiência dramática e constrangedora, mas nem por isto desprovida de amor. O título faz analogia ao jogo do quatrilho: jogo de cartas onde os parceiros se trocam ao longo da partida. Tudo pode acontecer nesse jogo.

Compre aqui o seu ingresso – www.teatrosaopedro.com.br

saiba +